Notícias

31/07/2020

Huawei supera Samsung e se torna a maior fabricante de celulares do mundo

Huawei supera Samsung e se torna a maior fabricante de celulares do mundo

A Huawei superou a Samsung e se tornou a maior fabricante de celulares do mundo no segundo trimestre do ano. No entanto, não foi exatamente um crescimento da chinesa que permitiu isso - e sim uma queda imensa da concorrente coreana.

De acordo com dados da consultoria Canalys, a Huawei registrou queda de 5% nas vendas globais de celulares em relação ao segundo trimestre do ano passado e totalizou 55 milhões de smartphones comercializados no período. Já a Samsung viu as vendas caírem 30% em relação a 2019, com um total de 53,7 milhões de unidades.

Não chega a surpreender que a pandemia do coronavírus tenha afetado as vendas globais de smartphones. Assim como também não surpreenda que a Huawei tenha sido menos afetada nesse segundo trimestre do que a Samsung: a China, país de origem da empresa, já superou o pior da crise sanitária, enquanto outras partes do mundo ainda sofrem com o coronavírus.

A China representa 70% das vendas da Huawei, e o fato do país asiático estar em plena recuperação pós-pandemia colaborou com as vendas. Enquanto em outras partes do mundo a Huawei viu a comercialização dos seus dispositivos caírem 27%, em seu país de origem elas subiram 8%.

Enquanto isso, a Samsung tem participação ínfima na China, com menos de 1¨% de market share. A coreana é mais forte em lugares como Europa, Estados Unidos, Índia e Brasil, que sofrem e ainda devem sofrer por um tempo com consequências da pandemia.

"Este é um feito incrível que poucas pessoas poderiam prever no ano passado. Se não fosse pela Covid-19, não teria acontecido", explicou o analista sênior da Canalys, Ben Stanton. "A Huawei se aproveitou bem da recuperação econômica da China para reacender sua divisão de smartphones", concluiu.

A liderança da Huawei já tinha sido apontada pela consultoria Counterpoint, que estimava que a chinesa tinha superado a Samsung em abril e mantido a liderança em maio.

No entanto, é possível que os próximos meses tragam uma reação da Samsung, que lançará nos próximos meses uma série de novos celulares, incluindo a linha Note 20, com evento marcado para o dia 5 de agosto. 



FONTE: olhardigital COM HC3 TELECOM